Prefeitura de Paracatu

EDITAL DE ABERTURA DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA Nº01/2014 e RETIFICAÇÃO

PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO

ANO 2014

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PARACATU

PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO

EDITAL DE ABERTURA Nº 01/2014

A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO do município de Paracatu, estado de Minas Gerais, através do PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO instituído pela Portaria Interministerial n.º 17/2007 que integra as ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), como uma estratégia do Governo Federal para induzir a ampliação da jornada escolar e organização curricular, na perspectiva da Educação Integral, com verba já destinada pelo órgão competente,torna público o presente Edital de seleção de voluntários para atuarem como monitores corresponsáveis pelo desenvolvimento das atividades de educação integral, conforme os itens a seguir especificados:

1- DO OBJETIVO:

1.1 Selecionar voluntários para atuarem como monitores corresponsáveis pelo desenvolvimento das atividades de educação integral nas unidades escolares do município de Paracatu. A prioridade é selecionar candidatos que demonstrem interesse em contribuir com as atividades educacionais e artísticas na escola que funcionará em período integral e tenham aptidão para as seguintes áreas: dança, teatro, recreação e lazer/brinquedoteca, futebol, esporte na escola/ atletismo e múltiplas vivências esportivas, alfabetização/letramento, orientação de estudos e leitura, matemática e horticultura (horta escolar).

2. DAS ÁREAS DE TRABALHO E DO VOLUNTARIADO

2.1.1 Danças: Organização de danças coletivas (regionais,clássicas, circulares e contemporâneas) que permitam apropriação de espaços, ritmos e possibilidades de subjetivação de crianças, adolescentes e jovens. Promoção da saúde e socialização por meio do movimento do corpo em dança.

2.1.2 Teatro: Promoção por meio de jogos teatrais de processos de socialização e criatividade, desenvolvendo nos estudantes a capacidade de comunicação pelo corpo em processos de reconhecimentos em práticas coletivas.

2.1.3 Recreação e lazer/ brinquedoteca : Incentivo às práticas de recreação e lazer como potencializadoras do aprendizado das convivências humanas em prol da saúde e da alegria.Priorização do brincar como elemento fundamental da formação da criança e do adolescente.

2.1.4 Futebol: Apoio às práticas esportivas do futebol e meditativas para o desenvolvimento integral dos educados. Promoção da saúde pela cooperação, socialização e superação de limites pessoais e coletivos.

2.1.5 Esporte na escola/ atletismo e múltiplas vivências esportivas: Ação pedagógica, por meio de uma proposta planejada, inclusiva, participativa, que possibilita o desenvolvimento de diversas modalidades, tais como: futebol, voleibol, basquetebol, handebol, futsal, jogos e brincadeiras, tendo o atletismo como base. As atividades devem valorizar o prazer e o lúdico, pressupostos do Esporte Educacional.

2.1.6 Alfabetização/Letramento: Método contínuo e socialmente conduzido, que não se polariza em um determinado período escolar. Deve ser visto também como um processo de apropriação do sistema de escrita pela vivência em diferentes situações que compreendem o espaço escolar e as experiências vivenciadas pelos estudantes em comunidade. Trata-se de um processo de alfabetização que dialoga com a realidade histórica e social das crianças e adolescentes, estabelecendo conexões com a maneira em que eles “ lêem o mundo”, para que depois possam ler e compreender a palavra escrita. A alfabetização e o letramento tomam a escrita na sua função social, como meio de inserção do estudante, sujeito de direitos. O trabalho se pauta na compreensão e produção de textos de diferentes gêneros em situações comunicativas, tanto na modalidade escrita quando na modalidade oral.

2.1.7 Orientação de Estudos e Leitura: Articulação entre o currículo estabelecido pela escola e as atividades pedagógicas propostas pela Secretaria Municipal de Educação, contemplando as diferentes áreas do conhecimento e envolvendo todas as atividades disponíveis anteriormente( alfabetização, matemática, história, ciências, geografia) estabelecendo permanente diálogo entre os professores da escola e os monitores do programa.

2.1.8 Matemática: Potencializarão de aprendizagens matemáticas significativas por meio de resoluções de problemas e atividades práticas que visam desenvolver o raciocínio lógico/matemático, mobilizando os recursos cognitivos dos estudantes e a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos .

2.1.9 Horticultura (horta escolar):principal objetivo é a educação dos indivíduos que dela participam direta ou indiretamente. A educação hortícola se refere ao aprendizado das técnicas básicas de produção, dos cuidados essenciais com as qualidades dos produtos das formas e modos de preparo e consumo, e dos aspectos nutricionais relativos à alimentação de hortaliças diversas. Assim, a horta educativa é sempre diversificada, cultivando-se diferentes espécies hortícolas ao mesmo tempo.

2.2.1 O trabalho do Monitor é considerado de natureza voluntária (na forma da Lei nº 9.608/1998). Os selecionados para a região urbana recebem uma ajuda de custo para ressarcimento de despesas pessoais de R$ 80,00 por dia trabalhado . Os selecionados para a região rural recebem uma ajuda de custo para ressarcimento de despesas pessoais de R$ 120,00 por dia trabalhado. Deverá ser desempenhado, preferencialmente, por estudantes universitários de formação específica nas áreas de desenvolvimento das atividades ou pessoas da comunidade com habilidades apropriadas. Além disso, poderão desempenhar a função de monitoria, de acordo com suas competências, saberes e habilidades, estudantes do Ensino Técnico, Ensino Médio ou Superior. O Termo de Voluntariado, assinado por meio deste processo seletivo, será válido por um período de dez meses a partir da data de início do trabalho nas escolas, podendo ser prorrogado por mais dez meses.

2.2.2 O candidato poderá concorrer a mais de uma área, desde que, o limite de turmas seja respeitado segundo este edital. Não é permitido o voluntário assumir mais de 10 turmas semanais.

VALOR DO RESSARCIMENTO MENSAL DESTINADO AO MONITOR DA REGIÃO URBANA, POR TURMA
Quantidade de Turmas Valor (R$)
1 R$ 80,00
2 R$ 160,00
3 R$ 240,00
4 R$ 320,00
5 R$ 400,00
6 R$ 480,00
7 R$ 560,00
8 R$ 640,00
9 R$ 720,00
10 R$ 800,00

VALOR DO RESSARCIMENTO MENSAL DESTINADO AO MONITOR DA REGIÃO RURAL, POR TURMA
Quantidade de Turmas Valor (R$)
1 R$ 120,00
2 R$ 240,00
3 R$ 360,00
4 R$ 480,00
5 R$ 600,00
6 R$ 720,00
7 R$ 840,00
8 R$ 960,00
9 R$ 1.080,00
10 R$ 1.200,00

3- DAS ATRIBUIÇÕES DO MONITOR VOLUNTÁRIO:

3.1 Ao monitor voluntário caberá:

a) Ministrar as atividades definidas no plano de trabalho junto aos alunos e sob a orientação da equipe gestora. Registrar as atividades e planejar o trabalho com os alunos.

b) Apresentar-se na Unidade escolar com postura, vocabulário e conduta adequados ao trabalho com crianças e jovens.

c) Acompanhar os alunos em passeios, visitas e festividades.

d) Colaborar com o bom andamento do trabalho.

e) Zelar pelo patrimônio da escola, cuidando dos materiais utilizados e da conservação do espaço físico.

f) Ser pontual e assíduo.

g) Trabalhar de forma harmônica e colaborativa com o corpo docente, discente e funcionários da Unidade Escolar.

h) Receber e cumprir as orientações e sugestões sobre as atividades e projetos repassadas pela equipe gestora.

i) Cooperar no atendimento e orientação dos alunos na área de atuação, inclusive os alunos com dificuldades.

j) Controlar a frequência dos alunos nas atividades de sua responsabilidade.

k) Observar as normas internas da instituição educacional, conduzindo-se dentro da ética profissional.

l) Respeitar os alunos conforme a legislação brasileira.

m) Comunicar a equipe gestora os problemas disciplinares e as dificuldades dos alunos.

4 – NÃO PODEM SE CANDIDATAR AO PROCESSO SELETIVO

4.1.1 Pessoas com até 3º grau de parentesco com os responsáveis pela seleção dos monitores.

4.1.2 Funcionários públicos efetivos ou temporários.

4.1.3 Alunos que recebem bolsa dos órgãos públicos.

4.1.4 Pessoas com antecedentes criminais.

4.1.5 Menores de 18 anos.

4.2 Em qualquer etapa do processo seletivo sendo constatado que o candidato mentiu ou omitiu com relação os itens 4.1.1 a 4.1.5 ele será eliminado do processo.

5 – DA INSCRIÇÃO:

5.1 A inscrição será realizada na Secretaria Municipal de Educação de Paracatu, entre os dias 16 a 22 de setembro 2014 das 8h ás 11h e de 13h ás 16h30min. A inscrição é gratuita.

5.2 No ato da inscrição o candidato deverá apresentar documentos originais e cópias dos seguintes documentos:

a) RG( original e cópia);

b) CPF ( original e cópia);

c) Histórico Escolar (original e cópia);

d) Comprovante de Endereço Atualizado (original e cópia);

e) Certidão de Antecedentes Criminais (original);

f) Certificados de cursos, declarações e documentos que comprovem experiências profissionais ou voluntárias (original e cópia).

6. DA DOCUMENTAÇÃO DO MONITOR

6.1 Todas as informações, quanto à documentação dos monitor voluntários, como idade, escolaridade e endereço são de total responsabilidade do candidato selecionado.

6.2 Os requisitos para participar da seleção são:

6.2.1. Estudantes do Ensino Médio, Estudantes Universitários; ou estudantes de Ensino Técnico com habilidades na área de atuação;

6.2.2 Pessoas da comunidade com habilidades apropriadas nas áreas descritas;

6.2.3 Idade mínima de 18 anos;

6.2.4 Ter horários disponíveis que atendam às necessidades das unidades escolares.

6.2.5 São características desejáveis:

a) Liderança;

b) Responsabilidade;

c) Capacidade de comunicação e diálogo;

d) Trajetória de envolvimento participativo na comunidade;

e) Capacidade de mobilização;

f) Sensibilidade e abertura aos saberes comunitário;

g)Acolhimento e bom relacionamento com crianças, adolescentes e jovens.

7- DA SELEÇÃO DOS MONITORES VOLUNTÁRIOS:

7.1 A seleção será realizada pela Secretaria Municipal de Educação de Paracatu.

7.2 No período da seleção dos voluntários, será instalado um comitê de seleção para avaliação dos candidatos para garantir a transparência do processo.

7.3 Para a constituição do comitê, a Secretaria Municipal de Educação deverá garantir princípios constitucionais.Estão aptos a compor o comitê: representantes da Secretaria Municipal de educação de Paracatu e gestores das Unidades escolares municipais.

8 – ETAPAS DA SELEÇÃO:

8.1 A primeira etapa será a divulgação do edital.

8.2 A segunda etapa será a inscrição dos candidatos.

8.3 A terceira etapa será a análise dos formulários de inscrição e do Plano de Trabalho (eliminatória).

8.4 A quarta etapa será a divulgação do resultado.

9 – DIVULGAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS SELECIONADOS

9.1 Os candidatos selecionados serão convocados por meio do site http://paracatu.mg.gov.br/ e do mural da Secretaria Municipal de Paracatu.

9.2 Os primeiros candidatos classificados de cada área serão encaminhados à coordenação do Programa Mais Educação para exercerem o voluntariado, por meio do Termo de Voluntariado e assim fazerem jus a ajuda de custo para ressarcimento de despesas com transporte e alimentação de acordo com a quantidade de turmas atribuídas.

9.3 Os outros classificados ficarão no quadro de reserva de monitores do Programa Mais Educação para caso de desistência ou substituição dos anteriores.

10 – DA FREQUÊNCIA

10.1 A Frequência dos monitores voluntários é de 100%, salvo motivos de doença; caso haja falta injustificada o voluntário perderá a ajuda de custo oferecida pelo programa.

10.2 As Listas de Frequência deverão ser assinadas diariamente, nominalmente pelos monitores voluntários, com controle do gestor da escola e do coordenador do Programa.

10.3 Será desvinculado da Ajuda de Custo o monitor voluntário que durante a vigência do voluntariado ingressar no serviço público, por meio de concurso público efetivo ou temporário.

10.4 Será considerada desistência a ausência não justificada do monitor por um prazo de dois dias, e desvinculado da ajuda de custo.

10.5 O monitor que, por qualquer motivo, deixar de corresponder às expectativas do desenvolvimento das atividades da oficina, cujas aulas lhe foram atribuídas, terá cessado o contrato de voluntariado para o exercício das funções a qualquer tempo, por decisão da gestão escolar e da coordenação do projeto.

11- DOS PRAZOS

EVENTOS DATAS LOCAL
Divulgação do edital 16/09/2014 Sites da Prefeitura Municipal de Paracatu e Mídias.
Início das inscrições 17/09/2014 a 23/09/2014 Secretaria Municipal de Educação das 8h ás 11h e de 13h ás 16h30min.
Resultado 29/09/2014 O resultado final será divulgado através do site da Prefeitura Municipal e do mural da Secretaria Municipal de Paracatu.

11.1 O candidato poderá retirar o formulário de inscrição e efetuá-la dos dias 17 a 23 de setembro de 2014, das 8h ás 11h e de 13h ás 16h30min. É permitido ao candidato levar o Formulário de Inscrição para Monitores do Mais Educação para ser preenchido em casa. Só será efetuada a inscrição com a apresentação do formulário preenchido e com apresentação dos documentos originais e cópias requeridas neste edital.

12 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

12.1 O presente edital será válido por seis meses a partir da data de sua publicação, podendo ser prorrogado por igual período a critério da administração.

Paracatu,15 de setembro de 2014.

Maria de Fátima Ulhoa Almeida
Secretária Municipal de Educação de Paracatu

PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO

EDITAL DE RETIFICAÇÃO

A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO do município de Paracatu, estado de Minas Gerais, através do PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO instituído pela Portaria Interministerial n.º 17/2007 que integra as ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), como uma estratégia do Governo Federal para induzir a ampliação da jornada escolar e organização curricular, na perspectiva da Educação Integral, com verba já destinada pelo órgão competente, RETIFICA EDITAL DE ABERTURA Nº 01/2014, no item 11.1,que passa a ter a redação a seguir especificada:

11.1 O candidato poderá retirar o formulário de inscrição e efetuá-la dos dias 17 a 23 de setembro de 2014, das 8h ás 11h e de 13h ás 16h30min. Não é permitido ao candidato levar o Formulário de Inscrição para Monitores do Mais Educação para ser preenchido em casa. Só será efetuada a inscrição com a apresentação do formulário preenchido e com apresentação dos documentos originais e cópias requeridas neste edital.

PREFEITO MUNICIPAL ENTREGA NOVA PONTE NA REGIÃO RIBEIRÃO ESCURINHO/TRAIRAS

A antiga ponte de madeira com a estrutura visivelmente comprometida cedeu lugar a nova ponte construída pela atual administração, que além dessa obra, tem recuperado as estradas rurais de várias comunidades do município.

A nova ponte da região Ribeirão Escurinho/Traíras custou aos cofres públicos municipais o valor de R$ 68.186, 71 (Sessenta e oito mil, cento e oitenta e seis reais e setenta e um centavos).

Segundo o Secretário Municipal de Transportes, Paulo Antônio Pereira a obra mudou a realidade dos moradores daquela localidade e de todos que trafegam pelo local, uma vez que a antiga ponte não oferecia segurança aos usuários.

As pontes construídas pelo Município, afirma o prefeito Olavo Condé, passam primeiro processo licitatório e durante a execução das obras, as empresas especializadas são fiscalizadas pelos secretários responsáveis. Antes da conclusão, o prefeito, secretários e vereadores visitam as obras com o objetivo de acompanhar de perto o andamento do trabalho.

A festa de inauguração da nova ponte foi nesse sábado às 10 horas da manhã, contando com presença de várias autoridades e população da região, que ficou entusiasmada e satisfeita com a obra.

Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 055a

Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 162a
Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 152a

Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 143a

Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 125a

Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 083a

Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 074a

Expô Orquideas - Ponte Morro Agudo 067a

PROERD – PROGRAMA EDUCACIONAL DE RESISTÊNCIA ÀS DROGAS FORMA NOVAS TURMAS EM PARACATU

A solenidade do PROERD aconteceu no Sesc Paracatu, onde 533 alunos receberam o certificado de conclusão do programa desenvolvido pela Polícia Militar.

Um momento marcante da formatura foi o juramento feito pelas crianças, quando na presença das autoridades, pais e educadores, elas se comprometeram a ficar longe das drogas e da violência. Um gesto que demonstra que a lição está na ponta da língua.

Para o prefeito Olavo Condé o PROERD tem sido uma das ações preventivas da PM que há anos recebe por parte da comunidade uma avaliação positiva pela seriedade com a qual o trabalho é realizado.

O programa é desenvolvido de forma envolvente e lúdica para que a criança possa entender os malefícios que podem ser causados pelas drogas. Em Paracatu, o PROERD está presente nas escolas desde o ano de 2003 e já formou aproximadamente 18 mil alunos. .

O PROERD tem o objetivo de levar conhecimento, formação, informação, princípios e valores sobre ética, moral e de convívio social. Durante o ano as escolas das redes Estadual, Municipal e Particular e outras entidades de ensino da cidade abrem as portas para que esse trabalho seja realizado com os estudantes.

proerd 012A

proerd 019A

proerd 027A

proerd 044A

proerd 061A

proerd 086A

RV-TVWeb-100x100 TV WEB NF-e-100x100 Nota fiscal Eletrônica
Escrita Fiscal
Transparencia-100x100 Portal da
Transparência
PlanoDiretor-100x100 Plano Diretor GuiasTributos-100x100 Guias e Tributos PMSB-100x100 Plano Municipal de
Saneamento Básico
gestão educacional-100x100 Gestão Educacional ProtocolosDocumentos-100x100 Gestão de Protocolo
Documentos e Fluxo
ConsultaPublica-100x100 Consultas Públicas ServMilitar-100x100 Serviço Militar Licitacoes-100x100 Licitações Ouvidoria-100x100 Ouvidoria