A juventude é a fase em que fazemos as escolhas mais importantes de nossas vidas. Mas, para fazermos escolhas, antes é preciso que as oportunidades existam.
E oportunidade é o que a Prefeitura oferece aos nossos jovens por meio de diversos programas nas áreas de cultura, educação, esporte e lazer.
Conheça todos os projetos e participe daquele que mais combina com você.

OS PROGRAMAS


Promove a capacitação inicial de adolescentes e jovens de baixa renda, com vistas à sua inserção no Programa de Aprendizagem, contribuindo para uma maior permanência dos mesmos no mercado de trabalho. Atualmente, atende 135 jovens e adolescentes entre 14 e 24 anos.
A prática de esporte é de grande importância para auxiliar a qualidade de vida de crianças e adolescentes, trazendo benefícios físicos e psicológicos, além de influenciar em sua formação sociocultural. O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Paracatuzinho atende, aproximadamente, 25adolescentes com idades que variam entre 10 a 17 anos.
Promove a convivência familiar e comunitária, bem como o fortalecimento desses vínculos. Desenvolve atividades que despertam a criatividade, oportunizando e garantindo o acesso a cultura, lazer, esporte e interação. Atende jovens de 11 a 15 anos.
Esse trabalho tem como objetivo fortalecer os vínculos familiares e comunitários e desenvolver o empoderamento pessoal. Atende 450 pessoas, entre jovens e idosos.
Disponibiliza salões, quadras esportivas, piscinas e demais espaços com infraestrutura adequada a crianças e adolescentes de famílias de baixa renda, retirando-as da vulnerabilidade das ruas através dos esportes e demais oficinas que são oferecidas. Assim, o projeto contribui na formação de cidadãos responsáveis, críticos e aptos a viverem em sociedade. Atende 350 crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos.
Visa o fortalecimento da arte e da cultura nas escolas de Paracatu. Atende cerca de 600 pessoas entre 13 e 17 anos.
Desenvolve no indivíduo habilidades e competências através de aulas de violão, pintura e prática esportiva. Atende 130 pessoas, entre crianças e jovens de 3 a 16 anos.
Tem por objetivo fomentar as forças, oportunidades, fraquezas e ameaças dentro da Comunidade Quilombola do São Domingos, que permite a construção de vários roteiros turísticos, culturais e pedagógicos. Atende cerca de 70 alunos entre 12 e 16 anos.
O projeto realizada atividades de futebol de Campo, sob orientação profissional, atendendo aproximadamente 300 crianças, jovens, e adolescentes de 7 a 17 anos.
atende crianças matriculadas em escolas municipais e estaduais, com a finalidade ensinar a “Arte Suave” com disciplina, a fim de desenvolver o respeito pelo próximo e amor pela pátria. Atende crianças e jovens entre 8 e 18 anos.
democratiza a prática de esporte entre as crianças e adolescentes dos bairros distantes, buscando a ocupação do tempo livre evitando o agravamento de distorções sociais e desta forma os perigos da ociosidade. Introduz, assim, o esporte como fator de desenvolvimento educacional e como veículo de formação física, intelectual e social das crianças. Atende 60 alunos entre 7 e 17 anos em situação de risco. Bom exemplo é o aluno Tallisson Oliveira, que hoje está sendo monitorado pelo Cruzeiro Esporte Clube.
Fomenta e democratiza o acesso à prática esportiva e de lazer, com caráter formativo educacional, para crianças e adolescentes em situação de risco social. Atende 35 meninas, entre 13 e 18 anos.
Influencia na formação do cidadão de maneira positiva buscando a inclusão social através de iniciativas e ações técnica – didáticas pedagógicas voltados ao equilíbrio dos processos de interação social cooperativa e competitiva, de forma consciente e reflexiva. Atende a 110 jovens, entre 13 e 17 anos.
O programa foi desenvolvido a fim de atender crianças, jovens e adolescentes. Com prioridade para crianças com alto nível de vulnerabilidade. Por meio deste projeto, diversos paracatuenses já se destacaram no cenário nacional, caso de Maria Fernanda, que hoje é atleta do Praia Clube, última campeã brasileira.
Atualmente atende a 160 pessoas de 8 anos até a fase adulta.
Aprimora as habilidades: de interpretação, artísticas , sociais , cognitivas e de formação de valores. Atende 135 jovens entre 9 e 12 anos.

DEPOIMENTOS


No Programa Adolescente Aprendiz foi preparada e encaminhada para o meu primeiro emprego.
Luciana Rodrigues

Aprendi desenho, música e esportes no CRAS Bela Vista.
Jefferson Ribeiro



No programa Mais Educação do CAIC eu aprendi pintura.
Guilherme de Melo

No programa Musicatu eu aprendi música e artes.
Renata Emanuele