Ação solidária arrecada doações para o Banco de Alimentos

#PraCegoVer - Músicos da Fundação Casa da Cultura em apresentação que foi transmitida por live via redes sociais

Ação solidária arrecada doações para o Banco de Alimentos

A rádio Única FM e Fundação Casa da Cultura promoveram, no domingo (21/6), a live de inverno, com o intuito de arrecadar alimentos e agasalhos

 

A Rádio Única FM, em parceria com a Fundação Casa da Cultura, referência na promoção de arte, cultura e cidadania, e apoio da prefeitura, realizou uma live beneficente, no domingo (21/6), data que marca o início do inverno. O evento, que contou com a apresentação dos músicos do centro cultural, mobilizou pessoas de todo Brasil, e faz parte da ação que tem por objetivo arrecadar donativos para o banco de alimentos da cidade. 

 

Durante 5 horas, a banda convidada levou ao público, que acompanhava o show de casa, um clima de barzinho, ao tocar canções do repertório de Nina Simone Amy Winehouse, Zé Ramalho, Dorival Caymmi, Chico Buarque, Tim Maia Hyldon, Adoniran Barbosa, entre outros medalhões da música. A transmissão foi feita no espaço e estrutura cedidos pela MCN Leilões e eventos.

 

Com o fechamento dos bares, em função da pandemia da Covid-19, a diretora e presidente da Casa da Cultura, Graciele Mendes, tem buscado alternativas para que a instituição dê sequência as suas atividades. Em diálogo com a Rádio Única FM, decidiu unir esforços para oferecer programação cultural a toda Paracatu e se solidarizar com aqueles mais vulneráveis social e economicamente. 

 

“Os músicos da Casa da Cultura sentiam falta desse ambiente de barzinho, do público. A partir dessa carência, decidimos fazer uma live, com um repertório musical que remetesse aquilo que se ouve na noite, nos bares, músicas agradáveis. O objetivo maior, claro, foi a arrecadação de alimentos e cobertores. O resultado foi satisfatório, tivemos uma boa audiência e recebemos muitas doações”, comenta Graciele.

 

Para o diretor da rádio Única FM, Marlon Gouveia, a iniciativa foi exitosa e as arrecadações irão ajudar as famílias que mais precisam neste momento. A campanha vai ao encontro da missão da estação, a de realizar ações solidárias em prol da população de Paracatu. 

 

Durante a live, no domingo, foram arrecadadas 184 cestas básicas, 41 cobertores, 5 sacas de feijão, mais de 120 caixas de leite e 3.500 reais. A doações seguem durante a semana e estão sendo recolhidas pela Fundação Municipal Casa de Cultura, que, posteriormente, irá encaminhar para a secretaria de assistência social. Os donativos serão distribuídos às famílias por meio do Banco de Alimentos de Paracatu.

 

Assistência às famílias 

 

A secretária de assistência social, Ana Amélia de Melo Medeiros, comemora o sucesso da live e exalta a participação de todos envolvidos no projeto. “Foi um domingo mágico. A gente percebe que as pessoas estão muito sensíveis nesse momento e o paracatuense é um povo solidário, que chega junto. E chegar junto, de uma forma organizada, é muito importante. Ficamos felizes com a live, vai propiciar o atendimento às famílias e estender o número de atendidos”, avalia. 

 

A Secretaria de Assistência Social vem trabalhando em diversas frentes para superar os desafios impostos pela pandemia do novo Coronavírus e, assim, atender as famílias que mais precisam. A secretária Ana Amélia observa que, devido esta crise, muitas famílias ficaram desprotegidas e passaram a ser atendidas.

 

“Por meio do Banco de Alimentos conseguimos, de forma organizada, suprir as necessidades das famílias. Fazemos com que o alimento chegue com qualidade e quantidade necessária às famílias que, de fato, estão precisando”, diz.

 

Banco de Alimentos

 

O Banco de Alimentos é um programa da prefeitura de Paracatu, criado em 2015, a partir de uma visão ampliada da segurança alimentar e nutricional, que atende hoje as famílias cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). A distribuição dos alimentos às famílias carentes, é importante ressaltar, não é eventual. A cada 15 dias, os beneficiários recebem um kit de alimentos composto por verduras, legumes, leite, frutas e carnes, e provenientes de doações, de doadores regulares, que ajudam manter de pé o projeto que vem mudando a realidade das famílias. 

 

“A partir da implementação do plano, percebemos o quão fundamental ele é. O Banco de Alimentos Municipal não pode ser apenas um programa de governo, tem que ser transformado em uma política pública. E, para que isso aconteça, é importante que a população reconheça o seu papel e o trabalho que desempenha. Isso tem sido demonstrado com as doações que temos recebido”, defende Ana Amélia.

 

ASCOM/SEGOV 

Prefeitura de Paracatu 

Mais trabalho. Novas realizações.

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário