PARCERIA: Prefeitura, Rotary e Empresas da cidade adquirem mamógrafo para a clínica a mulher

Solenidade de inauguração foi realizada em transmissão ao vivo do programa Paracatu em Foco

PARCERIA: Prefeitura, Rotary e Empresas da cidade adquirem mamógrafo para a clínica a mulher

#PraCegoVer - No estúdio de TV do programa Paracatu em Foco, a apresentadora Lindiane Reis e a coordenadora do projeto Saúde da Mulher e governadora assistente do Rotary, Evanir Soares da Fonseca.

Solenidade de inauguração foi realizada em transmissão ao vivo do programa Paracatu em Foco

Na segunda-feira (20), a saúde de Paracatu ganhou um grande reforço para prevenir o câncer de mama. Durante a transmissão, ao vivo, do programa Paracatu em Foco, foi feita a entrega oficial do projeto de subsídio global Saúde da Mulher à prefeitura de Paracatu. O projeto contempla a aquisição de equipamento de mamografia e digitalizadora de imagens e conta ainda com aquisição de impressora e nobreak com verba de subvenção municipal. Os equipamentos estão instalados na sala de mamografia da Clínica da Mulher. 



(Equipamento trará mais agilidade no atendimento da saúde a mulher).

O prefeito de Paracatu, Olavo Condé, esteve na Clínica da Mulher, na sexta-feira (17) para descerrar a placa de inauguração. Segundo ele, o Rotary sempre esteve presente em ações importantes da administração. “Esta parceria é essencial, o Rotary investiu R$ 280 mil e o município R$ 25 mil e juntos conseguimos comprar um equipamento de última geração. Ninguém administra sozinho e o projeto Saúde da Mulher é exemplo disso, quem ganha é a cidade”, diz. 



(Prefeito de Paracatu, Olavo Condé, acompanha a instalação do mamógrafo)

Renato Braga Mendes, presidente do Rotary Paracatu, na gestão 2019/2020, também participou da solenidade de descerramento da placa. Segundo ele, a prefeitura de Paracatu sempre foi parceira. “Quando temos o município apoiando nossos projetos, fica muito mais fácil a execução. Conseguimos fazer o levantamento de recursos e vamos continuar com o trabalho de prevenção, como é feito nos mutirões”, diz. 

A coordenadora do projeto Saúde da Mulher, Evanir Soares da Fonseca, governadora assistente do Rotary, na gestão 2019-2020, explica que esta era uma necessidade do município, segundo a secretaria municipal de saúde. “A partir da informação, começamos a levantar os recursos e conseguimos além do que era proposto inicialmente: o aparelho de mamografia, a digitalizadora de imagens, impressora, nobreak e ainda a reforma da sala, com todas as adaptações necessárias. Só temos a agradecer os parceiros, por esta conquista, em prol da saúde de Paracatu”, declara.  

Durante a transmissão do Paracatu em Foco, enviaram vídeos o governador distrital, do distrito 4760, na gestão 19/20, Nelson Fonseca Leite, e o Júlio Cesar Silveira, ex-governador distrital, supervisor de projetos do Rotary Internacional. 

“Dedico meus elogios e agradecimentos. Vocês demonstraram que, mesmo em tempo de pandemia, estão conseguindo conectar Paracatu ao mundo e abrir oportunidades para a saúde da mulher”, disse Nelson.

“Coisas boas para a nossa comunidade. Estou orgulhoso de ser companheiro de vocês. Devemos sempre primar pela doação de atenções para com o próximo. E fico muito feliz, por ver rotarianos indo além da simples filantropia, doando trabalho e tempo”, disse Nelson. 

Participaram, ainda, da transmissão, o secretário municipal de saúde, João Batista, Valdir Rodrigues Oliveira, Presidente Da Coopervap, e Darcy Silva Neiva Filho, Presidente Do Sicoob.

 

Rotary Club Paracatu

O Rotary Club Paracatu foi fundado em 18 de novembro de 1987 e logo em seguida promoveu a fundação do Rotary Club Paracatu 200, que por sua vez promoveu a fundação do Rotary Club Paracatu universitário. Somam ainda os esforços à casa da amizade de Paracatu, Rotaract Club, com jovens de 18 a 30 anos, Interact Club, com jovens de 12 a 18 anos, as crianças do Rotary Kids e mais recentemente os afilhados do Rotary Club Guarda-Mor.

Câncer de Mama em Paracatu

Registrados na secretaria municipal de saúde são 191 casos. Estes diagnósticos estão cadastrados no setor de tratamento fora de domicílio. As mulheres fazem tratamento em Belo Horizonte, Patos de Minas, Uberaba, Uberlândia e no Distrito Federal, a prefeitura de Paracatu fornece o transporte e todos os exames que as pacientes necessitam, por meio do SUS.

Marilda Martins, técnica de enfermagem e coordenadora da mamografia, enfatiza a importância de ter um aparelho moderno para o diagnóstico do câncer de mama. “Com este equipamento, vamos ter a possibilidade de detectar a doença mais cedo. Hoje, o câncer de mama não escolhe idade e aqui em Paracatu a incidência é grande”. 

 

ASCOM/SEGOV
Prefeitura de Paracatu
Mais Trabalho. Novas Realizações.

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário