Seminário apresenta desafios da área da saúde para prefeitos

#DescriçãoPraCegoVer - Na imagem, o prefeito Olavo Condé, a Dejanira, diretora administrativa do Hospital Municipal (à esquerda) e a secretária de saúde Maria Aparecida (à direita)

Seminário apresenta desafios da área da saúde para prefeitos

Nos dias 7, 8 e 9 de novembro o Prefeito Municipal de Paracatu, Olavo Condé, a secretária de saúde Maria Aparecida Sicupira e a superintendente do Hospital Municipal Dejanira Borges Araújo participaram do Seminário "Então prefeito! E a saúde?” que aconteceu em Belo Horizonte no Hotel Mercure,  na região centro-sul da capital.

O objetivo do Seminário foi apresentar aos prefeitos eleitos as diretrizes e especificidades da Saúde e sua administração, para que dessa forma, os chefes do executivo entendam o Sistema Único de Saúde (SUS) e potencializem as ações de assistência a população.

Nos três dias de palestras e debates vários temas foram debatidos como: a organização das políticas de saúde do SUS; o cenário da saúde pública e as responsabilidades do gestor da saúde;  os instrumentos de gestão do SUS e suas implicações; a gestão dos recursos financeiros do Sistema Único de Saúde; e os aspectos jurídicos e de controle da gestão do SUS.

Durante o evento o secretário de atenção à saúde do Ministério da Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, mostrou um panorama do ministério, o que foi investido, as reduções nos gastos, bem como os ganhos obtidos pela saúde nesses últimos anos. 

Segundo ele, um dos ganhos para a área no país foi o aumento do número de transplantes de órgãos. “Nos últimos cinco meses foram transplantados mais de 66 órgãos. Melhoramos o transporte desses órgãos, pois antes era feito de maneira  inadequada” destacou o secretário.

Outro ganho foi o investimento de mais de 65 milhões em pesquisas de combate à dengue e ao zika vírus para a produção de vacinas.

O secretário do Ministério da Saúde disse ainda que vai rever todos os pedidos solicitados pelos prefeitos municipais desde 2014, para melhorias na área.

Segundo o prefeito Olavo Condé, entre os pedidos do município que serão revistos pelo estado,  estão os recursos financeiros destinados a construção da UBS do bairro Novo Horizonte e a implantação da sede do Samu na cidade.

O Seminário foi promovido pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (COSEMS/MG) em parceria com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário