DOAÇÃO: Ventiladores fabricados em Minas Gerais chegam ao Hospital Municipal de Paracatu

Os equipamentos, doados pela Fiemg, são homologados pela ANVISA

DOAÇÃO: Ventiladores fabricados em Minas Gerais chegam ao Hospital Municipal de Paracatu

Os cinco equipamentos foram entregues ao superintendente de administração hospitalar, Marcelo Otávio, e pelo especialista sênior em relações governamentais e responsabilidade social da Kinross, Otávio Medeiros

O Hospital Municipal recebeu mais um reforço para o enfrentamento da Covid-19. Por meio de aporte financeiro da Kinross, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) doou cinco ventiladores, fabricados pela empresa mineira de soluções tecnológicas Tacom. Os equipamentos foram recebidos pelo especialista sênior em relações governamentais e responsabilidade social da Kinross, Otávio Medeiros, e pelo superintendente de administração hospitalar, Marcelo Otávio de Andrade, nesta quarta-feira (19).

“Esta contribuição da Fiemg e da Kinross é fundamental para que o Hospital Municipal continue com este trabalho diário que é salvar vidas. Graças à essas doações, o nosso HM está ficando cada vez mais equipado, dando suporte aos atendimentos específicos da Covid-19 e garantindo mais estrutura para as equipes da linha frente. Sabemos que é uma luta difícil, mas, estamos 24 horas unidos, oferecendo o melhor atendimento, com muito conhecimento e humanização”, declara Marcelo. 

O equipamento foi idealizado e é produzido pela Inspirar, uma empresa Health Tech idealizada pelos sócios da Tacom para minimizar os impactos no sistema de Saúde, gerados pela pandemia de Covid-19. A empresa desenvolveu uma tecnologia inédita para a fabricação dos equipamentos. Os ventiladores pulmonares chegam ao mercado com valores mais acessíveis do que os produtos semelhantes, além de serem mais fáceis de manusear.

O coordenador da fisioterapia do Hospital Municipal, Vinícius Biulchi, está muito otimista com a chegada dos novos equipamentos. “É uma ajuda muito bem-vinda. A gente, agora, tem um suporte muito maior para atender os nossos pacientes, que precisarão da ventilação mecânica. São equipamentos produzidos por indústrias mineiras e profissionais de alto nível. Já estamos em fase de teste e são bem tranquilos na operacionalização”, completa. 

O ventilador pulmonar mecânico produzido é o VI-C19 que utiliza dois módulos para fazer a ventilação: o volume controlado (VCV) e o modo pressão controlada (PVC). Ele está apto a ventilar qualquer doente com insuficiência respiratória que necessite do apoio mecânico. O projeto foi desenvolvido por uma equipe multidisciplinar formada por médicos intensivistas, engenheiros, programadores e desenvolvedores.

Alguns pacientes com doenças neuromusculares, como a esclerose lateral amiotrófica (ELA), com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) – que inclui enfisema, bronquite e asma – ou pessoas saudáveis que desenvolveram uma pneumonia ou infecção respiratória, podem usar o VI-C19 em caso de necessidade e ajuda mecânica.

Os respiradores produzidos foram homologados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ao todo, foram doados pela Fiemg 1,6 mil equipamentos à Secretaria de Estado de Saúde (SES), que distribui aos hospitais e municípios de Minas Gerais, respeitando critérios técnicos.

SEGOV/ASCOM 
Prefeitura de Paracatu 
Mais Trabalho. Novas Realizações

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário