Paracatu tem grades instaladas em espaços de grande circulação de pessoas

A medida é parte dos esforços para conter o avanço da pandemia e visa conter a aglomeração de pessoas

Paracatu tem grades instaladas em espaços de grande circulação de pessoas

#PraCegoVer - Canteiro central da Avenida Olegário Maciel, no centro de Paracatu, cercado por gradil

A Prefeitura vem empenhando-se e trabalha em várias frentes em ações ostensivas de prevenção ao novo Coronavírus, que tem por objetivo evitar a sua disseminação. Entre as iniciativas, colocadas em prática pela administração municipal, está a instalação de gradil no canteiro central da Avenida Olegário Maciel e em outros locais da cidade.

A medida reúne esforços da Prefeitura de Paracatu, por meio do Comitê Municipal de Enfrentamento à COVID-19 e da Polícia Militar.

De acordo com a presidente do comitê, Hélia Rosa, a iniciativa da Prefeitura é para evitar a disseminação do vírus. “Estamos colocando as grades em pontos estratégicos, onde eventualmente estão ocorrendo aglomerações”.

Nesta quinta-feira, dia 10, a Praça Firmina Santana e a Rua Romoaldo Ulhoa também ganharão grades.

Trabalho da Polícia Militar

As medidas administrativas e fiscalização cabem à Prefeitura de Paracatu. Porém, o trabalho realizado pelos Policiais Militares no município, assim como em todo estado, é a soma positiva de esforços que tem contribuído para conter o avanço da pandemia.

A PM vem prestando apoio às equipes de fiscalização do município, que realiza na cidade um trabalho de conscientização das pessoas sobre necessidade de se manter o isolamento social e do uso obrigatório de máscaras, como forma de evitar a propagação do coronavírus. Em Paracatu, uma equipe está disposição da fiscalização municipal diariamente.

De acordo com o Tenente Coronel do 45º Batalhão da Polícia Militar, Luiz Carlos Ribeiro Magalhães, em casos extremos pode haver prisão por crime previsto no artigo 268 do Código Penal (infringir determinação do poder público destinada a impedir a introdução ou propagação de doença contagiosa) e ou artigo 330 do CP (desobediência a ordem legal de funcionário público).

SEGOV/ASCOM

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário