Prefeitura publica editais para apoiar à produção cultural de Paracatu

Entre 5 e 15 de outubro estarão abertos quatro editais. Medida visa minimizar efeitos da pandemia para o setor

Prefeitura publica editais para apoiar à produção cultural de Paracatu

#PraTodosVerem: Imagem ilustrativa mãos femininas seguram um violão

Artistas e produtores culturais de Paracatu precisam ficar atentos ao site da Prefeitura. Entre 5 e 15 de outubro estarão abertos quatro editais que irão selecionar projetos que serão beneficiados com diferentes tipos de incentivos. A intenção da Secretaria de Cultura e Turismo da cidade é minimizar os efeitos da pandemia para o setor de produção cultural e artístico com recursos da Lei Aldir Blanc.

 

O anúncio da publicação dos editais foi feito na manhã da quarta-feira (30), em uma live transmitida pelo canal do YouTube da Prefeitura. Iniciada às 9h, o objetivo da transmissão foi apresentar à população as iniciativas da secretaria de Cultura e Turismo na aplicação da lei Aldir Blanc. Aprovada pelo governo federal em 29 junho, a lei visa o auxiliar artistas e produtores culturais afetados pela pandemia.

 

Segundo Elizangela Mesquita, da Secretaria de Cultura e Turismo de Paracatu, serão 10 dias com os editais abertos para a participação da população. Ela explica que o valor total dos quatro editais será de R$ 661.595,80. “Teremos editais de premiação, editais para concurso, concessão de bolsa, para a edição de projetos culturais”, diz.

 

Elizangela, que é diretora do departamento de projetos e convênios da pasta, pontua que um dos editais será específico para a fotografia. “É um concurso de fotografia. A gente vai trazer o patrimônio histórico e beneficiar fotógrafos amadores e profissionais da cidade”, explica.

 

“A gente acredita que a comunidade artística e cultural de Paracatu fará adesão completa a esses editais. O nosso “problema” será selecionar os contemplados, porque nós temos um potencial muito grande em relação à cultura”, explica. Para a avaliação dos inscritos nos editais, será criada “uma comissão com a participação da sociedade civil, que vai ajudar a avaliar os projetos”, completa.

 

De acordo com Elizangela, a partir da abertura dos editais, o processo de avaliação, seleção e validação dos projetos inscritos será intenso. “A gente vai ter o período de avaliação dos projetos apresentados, o período para recurso, o período para responder ao recurso, a habilitação e depois temos o repasse financeiro”. Ela estima que o repasse dos valores deve ocorrer em dezembro.

 

Produção cultural: a mais prejudicada pela pandemia

Isac Arruda, Secretario de Cultura e Turismo de Paracatu, explica que os quatro editais que serão publicados são uma tentativa de amenizar as perdas do setor. “Nós sabemos que as pessoas que trabalham com eventos e com cultura foram as primeiras a serem afetadas, porque pararam primeiro. Possivelmente, elas serão as últimas a voltar. Então, toda a cadeia que trabalha com eventos está prejudicada”, explica.

 

O secretário ilustra que todos os artistas de Paracatu que sofreram com a suspensão das atividades culturais poderão participar. “De maneira geral, todos os artistas que, durante essa pandemia, sofreram dificuldades poderão pleitear os recursos previstos nos editais. Todas as normativas estarão descritas nos editais, no site da prefeitura. Daí, vale conferir cada uma das modalidades e fazer a sua proposta”, concluiu.

 

ASCOM/ SEGOV

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário