Presente e futuro

Com investimento anual superior a 30% do orçamento, Paracatu ganha status de referência estadual em saúde

Presente e futuro

#PraCegoVer - Instalações do Hospital Municipal de Paracatu

Paracatu tornou-se referência em saúde pública. A cidade conta hoje com um Hospital Municipal, 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS), um Centro de Especialidades, um Centro de Hemodiálise, uma Clínica da Mulher e da Criança, um Posto de Atendimento para Diabéticos, um Posto de Atendimento para pacientes da zona rural, três Postos de Saúde Rural, além de Atendimento Itinerante na zona rural, investiu de forma pesada em melhorias do setor, o que vem ocorrendo desde 2013.

 

Agora, mais uma vez, a Administração 2017/2020 dá um passo importante, com a assinatura de convênio com o Hospital do Câncer Hélio Angotti, de Uberaba, para a instalação, em Paracatu, do Hospital do Câncer. Um dos exemplos de valorização do cidadão paracatuense pela atual administração é o investimento do Hospital Municipal. Com um atendimento de cerca de sete mil pessoas por mês, a unidade recebeu melhorias, como a troca do piso, pintura geral, substituição de portas, adequações solicitadas pela Vigilância Sanitária, parte elétrica, entre outras reformas.

 

O Pronto-Socorro, por exemplo, recebeu diversos equipamentos, principalmente na UTI e bloco cirúrgico. Foram monitores, respiradores, aparelho de eletro e raio-x mais atualizados, entre outros equipamentos, além da abertura de novos leitos. Com a renovação do parque tecnológico desses centros, foi possível ampliar os cuidados com o paciente durante as cirurgias e internações.

 

Pronto Socorro de Paracatu é equipado com monitores, respiradores, aparelho de eletro e raio-x.

 

A nova lavanderia, indicada para uso industrial e hospitalar, atende todas as unidades de saúde básica do município. Foram adquiridas máquinas de alta produtividade, fácil operação e baixo índice de manutenção. Com as novas peças, e algumas que ainda estão por chegar, a lavanderia não precisará de nenhuma reforma nos próximos 20 anos.

 

Maternidade reconhecida

 

Fruto de investimentos e da dedicação dos profissionais de saúde de Paracatu, hoje, a Maternidade do Hospital Municipal é reconhecida pelo Ministério da Saúde e a instituição recebeu o título de “Hospital Amigo da Criança”. A iniciativa faz parte da campanha de incentivo ao aleitamento materno como uma das principais atividades para a redução da mortalidade infantil.

 

Atenção à zona rural

 

O serviço médico itinerante na zona rural de Paracatu surgiu como um projeto voltado para atender todos os povoados que possuem difícil acesso ao centro da cidade. Os atendimentos são realizados em pontos estratégicos da área rural, definidos de acordo com as necessidades da população e com a capacidade de atendimento da equipe.

 

São realizadas, em média, 400 consultas médicas mensais, conforme escala quinzenal ou mensal, previamente divulgada. Vêm sendo ofertadas consultas com médico clínico geral, distribuição de medicamentos básicos de acordo com a prescrição médica e campanhas de vacinação. De acordo com Poliana Aparecida Ferreira, médica que está à frente do projeto desde março deste ano, a rotina da equipe é sair do centro da cidade por volta de 5 horas da manhã e percorrer regiões que ficam a até 80 quilômetros de distância. Entre os serviços oferecidos todos os dias estão consultas médicas, aferição de pressão arterial, aferição de glicemia e pedidos de exames.

 

“Além disso, levamos também medicações mais básicas e vacinas. Para casos mais complexos, que precisam de outros exames, fazemos o pedido e a pessoa tem até 30 dias para conseguir ir até a cidade e receber o atendimento necessário”, explica.

 

As localidades assistidas são: Assentamento Jambeiro, Assentamento Belo Vale, Assentamento São Cristóvão, Assentamento Esperança, Assentamento Santa Rosa, Assentamento Vitória da Conquista, Assentamento Porto Buriti, Assentamento Hebert de Souza, Assentamento Lagoa Rica, Comunidade Ribeirão, Comunidade Silva, Comunidade San Joaquim, Morro Agudo, Lagoa de Santo Antônio, Fazendinha Luz e Vida.

 

“A população sempre é informada sobre a data e horário de quando iremos ao local. São feitos acompanhamentos dos pacientes já atendidos através de fichas, às quais todos os médicos do projeto têm acesso", destaca.

 

ASCOM/SEGOV

Prefeitura de Paracatu.
Mais trabalho. Novas realizações.

 

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário