Prefeitura de Paracatu cria Auxílio Emergencial para atender famílias em situação de extrema pobreza

O benefício será pago com recursos do próprio município na primeira quinzena de abril

Prefeitura de Paracatu cria Auxílio Emergencial para atender famílias em situação de extrema pobreza

Com o prolongamento da pandemia do novo Coronavírus, a população mais carente vem sentindo forte impacto na renda familiar. Sensível a esta questão, a prefeitura de Paracatu, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Ação Social, encaminhou à Câmara Municipal de Paracatu, no dia 1º de março, um Projeto de Lei para criação do Auxílio Emergencial do município, aprovado na última quinta-feira (11). 

O benefício, promovido com recurso próprio, tem caráter extraordinário e será implementado ainda em abril. As famílias em situação de extrema pobreza, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico), atualizado nos últimos 24 meses, com renda per capita entre 0 e 89 reais mensais, terão direito a receber o benefício.

As famílias que hoje não recebem o Bolsa Família e que estão em situação de extrema pobreza irão receber uma parcela no valor de 400 reais. Já as famílias que são contempladas pelo programa Bolsa Família, irão receber uma parcela no valor de 200 reais. De acordo com dados da Ação Social, cerca de 1900 mil famílias serão contempladas, e por volta de 6 mil pessoas alcançadas.

O pagamento será escalonado e depositado na conta da Caixa do beneficiário. O calendário seguirá em ordem alfabética.

Em função das medidas de restrição, que ficaram mais rígidas em função da Onda Roxa do Plano Minas Consciente, a Prefeitura de Paracatu pede que as pessoas não procurem os serviços públicos neste momento. Todas as informações serão divulgadas pelos canais oficiais do município, site e redes sociais da prefeitura, e por meio dos veículos de comunicação da cidade. A medida visa evitar aglomerações.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
Um novo tempo para todos
Prefeitura de Paracatu

 

 

 

 

 

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário