CIDADE EMPREENDEDORA: Paracatu firma parceria com o Sebrae para apoiar micro e pequenas empresas

Neste momento de pandemia, o município fortalece apoio aos empresários de todos os setores

CIDADE EMPREENDEDORA: Paracatu firma parceria com o Sebrae para apoiar micro e pequenas empresas

Nesta terça-feira (27), a  prefeitura de Paracatu e o Serviço de Apoio às micro e pequenas empresas de Minas- SEBRAE/MG firmaram uma parceria que valoriza e fortalece o micro e o pequeno empresário, o Programa Cidade Empreendedora. O termo assinado tem duração de dois anos e tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento sustentável, a competitividade e o aperfeiçoamento técnico do setor. 

 

De acordo com o gerente regional do Sebrae Noroeste e Alto Paranaíba, Marcos Alves, o “Cidade Empreendedora” é um conjunto de ações que são convergentes, cujo foco é a transformação e o desenvolvimento do município. “A prefeitura municipal de Paracatu é uma parceira natural do Sebrae e com este programa, o governo terá uma visão integrada sobre as ações e resultados, todo o diagnóstico”. 

 

Ainda de acordo com Alves, neste momento de pandemia, os setores de comércio e serviço representam uma média de 70% dos pequenos negócios e  são os que mais sofrem, por isso a necessidade de ter uma estratégia definida. “Precisamos trabalhar recuperação de crédito, marketing digital, remodelagem de negócios, ações que permitam perenidade para as empresas, tornando-as mais competitivas”, completa. 

 

O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Ailson Rodrigues, destaca que o Cidade Empreendedora é um passo importante, principalmente para o pós-pandemia. “Isso significa que Paracatu quer empreender, quer crescer e temos a certeza de que todos serão beneficiados com esse programa”. 

 

De acordo com o prefeito de Paracatu, Igor Santos, neste cenário de pandemia, é preciso estruturar as ações para a recuperação econômica das empresas. “O desenvolvimento econômico é o nosso grande foco, mantemos um diálogo marcante com os empresários, para criarmos juntos a diversificação e alternativas para o futuro de Paracatu e o Cidade Empreendedora vai nos ajudar a trabalhar a longo prazo, sempre valorizando a iniciativa privada”. 

 

A partir de agora, começam os preparativos para a realização das capacitações e ações do Cidade Empreendedora, que se organiza em 10 eixos de atuação, desdobrando-se em produtos e soluções que poderão ser modulados de acordo com as necessidades e vocações de cada território.

Estiveram presentes, também, na assinatura do termo as analistas de projetos do Sebrae, Lorena Milan e Patrícia Rezende.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
Um novo tempo para todos

 

 

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário