Prefeitura de Paracatu busca parcerias em Brasília

Equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social articula a implementação de programas do Governo Federal em Paracatu

Prefeitura de Paracatu busca parcerias em Brasília

Equipe da Secretaria Municipal de Ação Social em visita a Brasília

A atual gestão da Prefeitura de Paracatu, desde os primeiros dias, vem se empenhando para promover diálogo com todas as esferas do poder público. Na última semana, uma equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Ação Social esteve em Brasília, em visita oficial ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e ao Ministério da Cidadania.

 

A viagem teve por objetivo conhecer os programas do Governo Federal para implementação em Paracatu. A iniciativa busca trazer um serviço de excelência para os usuários dos equipamentos socioassistenciais do município e ampliá-lo a toda população.

 

Participaram das agendas, na ocasião, a Secretária de Desenvolvimento e Ação Social, Ana Maria de Andrade, o Diretor de Apoio e Promoção da Pessoa, Fernando Firmo, a Técnica de Referência em Assistência Social, Thalita Araújo Ribeiro, e a Responsável Financeiro, Thais Midory.

 

Agenda

 

Durante a reunião com a Secretária Nacional de Políticas para Mulheres, Cristiane Rodrigues Britto, foram apresentados diversos programas para a valorização da mulher que se encontra em vulnerabilidade e o programa de qualificação profissional com o intuito de geração de emprego e renda para a mulher. 

 

“Entre os programas promovidos, o que nos chamou mais atenção foi o programa Casa da Mulher Brasileira, que tem o objetivo oferecer atendimento humanizado para mulheres vítimas de violência doméstica. O espaço se destina ao acolhimento e promoção da autonomia da mulher”, destaca Ana Maria.

 

No encontro com a secretária nacional da Família no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Angela Vidal Gandra Martins, e seu assessor, Daniel Celestino, a comitiva de Paracatu teve a oportunidade de conhecer o Programa Famílias Fortes. A ação se destina a jovens entre 10 e 14 anos, e tem o intuito de fortalecer as famílias por meio de oficinas  e orientações sobre o fortalecimento de vínculos familiares.

 

Na Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), mais uma vez foi demonstrada a preocupação em promover qualificação aos jovens. Por meio do programa ID jovem 2.0, o jovem entre 18 e 29 anos tem acesso a uma série de benefícios como viagens interestaduais, meia entrada em cinemas e eventos. Durante a reunião com a pasta, também foi articulado capacitações profissionais para os jovens. 

 

Em agenda com a Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNDPD), foram apresentados os programas para as pessoas com deficiência. Entre eles, o aplicativo Direitos Humanos Brasil, utilizado para denúncias de violação de direitos da pessoa com deficiência. O serviço conta com um atendimento por vídeo chamada ou chat para realização das denúncias. 

 

A Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, por meio de seu secretário, Antonio Costa, orientou a respeito dos critérios e condições para que Paracatu faça a adesão e seja contemplado com recursos das ações da pasta. Uma das iniciativas debatidas foi a implementação do Centro Dia para pessoas idosas e aquisição de ônibus para viabilizar as atividades a serem realizadas com idosos.

 

A partir da reunião realizada na Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, os executivos da pasta apresentaram as possibilidades de apoio técnico à Secretaria Municipal de Ação Social e ao Conselho Municipal de Igualdade Racial (COMPIR). O departamento se comprometeu, ainda, em se reunir com representantes do COMPIR e do INCRA para alinhar articulações com lideranças das comunidades quilombolas.

 

Na sequência da agenda em Brasília, a comitiva paracatuense ainda se reuniu com diretores da Subsecretaria de Políticas para Crianças e Adolescentes, que ofereceram programas de fortalecimento das garantias de direitos da criança e dos adolescentes. É o caso do Centro de Atendimento Integrado à Criança e Adolescente vítima de violência, que conta com uma equipe multidisciplinar para atendimento humanizado. Foi destacando também a equipagem do conselho tutelar, que receberá do governo federal um carro zero quilômetros e outros equipamentos para melhorar ainda mais o atendimento já prestado, os equipamentos serão entregues pela Ministra Damares.

 

Uma das demandas apresentadas pela equipe da Secretaria Municipal de Ação Social foi o investimentos necessários para o Conselho Tutelar. Ficou acordado a aquisição de um carro novo para o órgão, que será equipado também com computadores e ar condicionado. Foi ofertado também para o município a capacitação dos conselheiros tutelares, que tem por objetivo melhorar ainda mais o serviço que hoje é prestado.

 

O diretor da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana, Alex Mansur Mattos, esclareceu a respeito dos editais que serão divulgados, que são mais uma forma de trazer investimentos para a assistência social em Paracatu. Outro assunto abordado foi sobre o fomento da Economia Solidária local, com edital prestes a ser publicado. 

 

Na oportunidade, a equipe da Secretaria Municipal de Ação Social de Paracatu se colocou à disposição da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana para implementação de Projetos Pilotos no município. Diante da proposta, foram repassados contatos para orientações técnicas, articulações e diálogos continuados.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Um novo tempo para todos

Prefeitura de Paracatu

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário