RECONHECIMENTO: Prefeitura de Paracatu homenageia parceiros da reforma do Hospital Santa Lúcia

Iniciativa reforça a importância da união para o progresso da cidade

RECONHECIMENTO: Prefeitura de Paracatu homenageia parceiros da reforma do Hospital Santa Lúcia

A construção está em andamento, mas, além da estrutura física é possível visualizar a grande força que foi erguida na reforma do Hospital Santa Lúcia: a união. Nessa segunda-feira (21), no auditório do Centro Administrativo da prefeitura de Paracatu, foi realizada uma cerimônia para homenagear os responsáveis por esta conquista. 

 

O prefeito de Paracatu Igor Santos fez questão de entregar certificados de honra ao mérito a cada pessoa ou instituição, que está doando o melhor para contribuir na obra do futuro Centro de Especialidades Médicas. “Estamos aqui para agradecer, não poderíamos deixar passar em branco algo tão significante. Tínhamos a opção de construir um hospital de campanha, algo temporário, que poderia atender pontualmente o momento de crise da pandemia da Covid-19, mas, avaliamos que ter uma estrutura permanente teria um maior ganho para a cidade. O Santa Lúcia vai funcionar pelos próximos 10, 20, 30 anos e atender muita gente”, declarou. 


De acordo com Santos, o novo Centro de Especialidades Médicas de Paracatu é, com certeza, um grande marco  para a administração. “Essa realização é da sociedade civil, dos poderes público e privado de Paracatu, é um presente que a população está ganhando e nos deixa muito orgulhosos”. 

 

O prefeito diz, ainda,  que a cidade não deixou de atender nenhum paciente de Covid e com o novo Hospital pode ser considerada uma das cidades mais preparadas do país no enfrentamento à doença, com uma média de 120 leitos. “Além de estarmos preparados para enfrentar a crise, daremos apoio à recuperação pós-Covid, muitas pessoas estão com sequelas, estão precisando de atendimento específico, como  fisioterapêutico, por exemplo. Paracatu ganha também, com esta obra, um  Banco de sangue, o hospital terá uma base do Hemominas. Só temos a agradecer aos parceiros, são inúmeros benefícios”. 

 

O pró-reitor do Centro Universitário Atenas, Roberto Costa Rabelo, demonstrou toda a felicidade de estar contribuindo para o desenvolvimento de Paracatu, tornando este empreendimento possível, junto a tantos parceiros. “Uma cidade não se faz pelas suas  construções ou pelos seus espaços, se faz pelas pessoas e é essa força da união que faz com que tenhamos uma cidade melhor, um Brasil melhor. Esperamos que este não seja o único projeto. Temos grande interesse em participar de outros desafios, para fazer Paracatu crescer”. 

 

A diretora de relações governamentais, responsabilidade social, comunicação e relações comunitárias, da Kinross, Ana Cunha, destaca a importância da construção conjunta . “Esta é a nossa crença, tem sido a forma que a gente trabalha na construção colaborativa e cooperativa, quando pensamos em cidades mais sustentáveis e principalmente, quando pensamos na qualidade de vida de cada pessoa.Não há absolutamente nada nesse mundo que cada um possa fazer sozinho. Quando a gente pensa em soluções a longo prazo, que atinjam a maior parte da população, precisam ser construídas, geridas, olhadas conjuntamente”. 

Ainda de acordo com Ana Cunha, o número de empresas, que participam do projeto, é surpreendente. “Este exemplo de hoje mostra como áreas tão diferentes podem e devem trabalhar juntas, trazendo o que cada uma tem de melhor”. 

 

O secretário municipal de saúde, Vinícius Biulchi, iniciou o pronunciamento falando sobre a importância de compartilhar a felicidade. “Em três meses, mais de 6.200 pessoas foram atendidas no Centro de Covid de Paracatu e sabemos que este Centro de Especialidades terá um impacto muito grande para a população. Esta obra só nos mostra como é possível fazer parcerias e incentivar, cada vez mais, pessoas anônimas a salvarem milhares de vida. Só temos gratidão por todos os parceiros”. 

 

O secretário de obras, Pedro Adjuto, informou que a obra chegou aos 80% de conclusão e, neste momento,em caso de emergência, podem ser utilizados mais de 30 leitos. “Tudo isso graças ao crédito que cada parceiro deu ao projeto de reestruturação do hospital. Tenho muito orgulho de fazer parte deste momento, de fazer parte deste governo. Só temos a agradecer por encontrarmos as portas abertas. Ficamos muito felizes e honrados”, concluiu.  


Homenageados

Os certificados com os dizeres “O município de Paracatu concede diploma de mérito, em reconhecimento ao seu desempenho na reforma do antigo Hospital Santa Lúcia, onde será o Centro de Especialidades Médicas” foram entregues a DR Consultoria e Engenharia, União Vidros, HJ Madeiras e Materiais de Construção Eireli, Oxieng Comércio e Serviços, Grupo DG, Mega Engenharia, JCM Construções, Primus Sinalização, Marmoraria Vitória, VMX Construtora, Kinross, Centro Universitário Atenas e ao senhor José Rodrigues Barbosa. 

 

Hospital Santa Lúcia

 

A estrutura do Hospital Santa Lúcia, que antes abrigava atendimento hospitalar e clínica médica, estava completamente abandonada, há pelo menos cinco anos. O hospital foi desapropriado em 2019 pelo município. A obra de reforma chegou aos 80%, está na etapa de acabamento.

 

 

Assessoria de Comunicação
Um Novo Tempo Para Todos

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário