Palestras movimentam a Semana do Turismo em Paracatu

#Descriçãopracegover - Imagem do auditório lotado, com o palestra do empresário Rodrigo Santos.

Palestras movimentam a Semana do Turismo em Paracatu

Para manter o debate sobre turismo em alta e discutir novos meios de alavancar o setor no município, a Prefeitura Municipal de Paracatu, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, e da Fundação Municipal Casa de Cultura, promoveu de 26 a 29 de setembro, diversas palestras que integraram a programação da Semana do Turismo na cidade.

Potencial Turístico Paracatuense

A programação foi aberta no dia 26 de setembro com a palestra “Potencial Turístico Paracatuense” ministrada por Rodrigo Santos de Pirinópolis (GO), que destacou algumas características do turismo na cidade de Goiás. De acordo com ele, Pirinópolis recebe em um final de semana, aproximadamente 20 mil turistas. A cidade possui 300 pousadas, e o principal meio de lazer são as 40 cachoeiras que o município explora. Segundo o palestrante, os empresários que cuidam da gestão das cachoeiras chegam a receber em um final de semana, cerca de R$ 70 mil reais com a entrada dos turistas.

Para ele, o grande desafio de Paracatu é fazer com que o turista descubra os potenciais da cidade e o que ela oferece de melhor. “É fascinante a diversidade do município. Paracatu tem história, gastronomia, cachoeiras, grutas, são muitas as possibilidades”. O gestor destacou ainda alguns pontos que podem ajudar a alavancar o turismo na cidade. “A união dos empresários é o primeiro passo, além disso, a hospitalidade, também é um fator fundamental. Temos que receber bem o turista, e é o que vocês mineiros fazem de melhor. Receber bem está na essência de vocês,” destacou.

Hospitalidade Criativa

No dia 27 de setembro, a secretária executiva das Cidades Históricas de Minas, Ana Alcântra, graduada em letras pela Faculdade de Filosofia e Ciências de Congonhas e pós graduada em Gestão do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental, com ênfase em turismo, palestrou sobre a “Hospitalidade Criativa”. De acordo com ela, para falar sobre hospitalidade é preciso estar por dentro de todos os acontecimentos políticos, culturais e históricos da atualidade.

A palestrante ressaltou que o turista não pode ser visto apenas como objeto de lucro, mas como um presente. “Temos que receber bem, atender o turista da melhor forma possível.” Ela listou ainda, os comportamentos que devem ser evitados ao receber um visitante como, falar demasiadamente, desinformação, impaciência, ignorância, tratamento frio, etc.

Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico Local

A programação para o último dia de palestras contou com a participação do diretor técnico do Sebrae-BH, Anderson Cabido, que discursou sobre “Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico Local”. De acordo com Cabido, que já foi prefeito de Congonhas (MG) por dois mandatos consecutivos, de 2005 a 2012, é preciso estimular o surgimento de novas empresas na cidade. Ele reforçou o papel do Sebrae que dá total apoio aos novos empreendedores. “Para quem quer crescer, é preciso ter coragem para investir em novos negócios que vão gerar lucro para a cidade e alavancar o turismo”.

Comércio e Turismo andam juntos

O orientador de cursos do Senac Minas, Luiz Flávio Martins de Oliveira, ministrou a palestra “Comércio e Turismo andam juntos”, tratando da importância de Paracatu explorar o privilégio de ser a única cidade histórica do noroeste com mais de três séculos de existência. Para ele é preciso  valorizar o que a cidade tem de melhor. “O turista precisa ter confiança que será bem recebido e vocês tem a chave para o sucesso. Além de não ter concorrência, Paracatu oferece uma boa gastronomia, um patrimônio histórico conservado e belezas naturais”.

ASCOM/SEGOV

Prefeitura Municipal de Paracatu

Mais Trabalho. Novas Realizações.

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário