Hemodiálise voltará a atendimentos dia 04 de Dezembro.

#Descriçãopracegover - Na foto, porta de entrada do prédio da Hemodiálise, com fachada em tons de azul, porta de vidro e placa descritiva com letras em vermelho ao lado do brasão do Município.

Hemodiálise voltará a atendimentos dia 04 de Dezembro.

       Durante o período de estiagem, as instalações de filtragem de água do setor de hemodiálise da Secretaria Municipal de Saúde sofreram danos devido à intermitência no fornecimento e a utilização constante e prolongada de caminhões pipa para garantir o abastecimento da unidade. Para evitar o colapso do sistema e riscos aos pacientes, a Secretaria Municipal de Saúde passou a transportar os pacientes diariamente para realizar o procedimento em Unaí enquanto realiza obras, reparos, substituições de peças e melhorias na unidade, medida que tem seu encerramento agendado para o dia 04 de Dezembro de 2017.
       O setor de hemodiálise é um setor extremamente sensível. A unidade precisa de água com “qualidade hospitalar” para funcionar, garantindo o bem-estar dos pacientes e a eficácia do tratamento. Numa sessão de hemodiálise, cada paciente, tem contato com cerca de 120 a 200 litros de solução de diálise (*). As substâncias presentes na água que tentam passar pela membrana do dialisador podem ter acesso direto à corrente sanguínea do paciente, é por isso que há um rígido controle na qualidade da água utilizada e o sistema de filtragem precisa estar em operação ininterruptamente. O longo período de utilização de carros pipa sobrecarregou o sistema de filtragem da unidade de Paracatu, um dos melhores e mais modernos implantados na região. O sistema conseguiu permitir a manutenção do tratamento por um extenso período, mas chegou a seu limite no fim de outubro. 
       Para evitar que o sistema parasse de filtrar a água da maneira recomendada pelo Estado, a administração, por medida de segurança, conseguiu a transferência temporária do tratamento dos pacientes para a unidade de Unaí durante este mês, o que possibilitou que a manutenção do sistema fosse realizada de forma correta, susbstituindo peças danificadas, higienizando as caixas d’água, canos, torneiras e toda a rede interna da unidade. Além dos reparos no sistema de filtragem, a transferência temporária está permitindo a troca de diversos outros equipamentos, manutenção, desinfecção e substituições nos aparelhos de hemodiálise, pequenas obras e reformas estruturais, dedetização completa do prédio e adequações a diversas requisições da vigilância sanitária, o que irá permitir o retorno dos pacientes ao tratamento na unidade com uma estrutura segura, em conformidade com as normas estaduais e vigilância sanitária, e em completo funcionamento no dia 04 de Dezembro de 2017.


GAB | SEGOV | ASCOM | SESAU

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARACATU


(*Fonte dos dados técnicos: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/farmacia/tratamento-da-agua-para-hemodialise/17633)
 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário