Prefeitura garante programas sociais em Paracatu

#Descriçãopracegover - Na imagem, o prefeito Olavo Condé, a secretaria Ana Amélia, e o vereador George posam para a foto em frente à sede do "banco de alimentos" e do "suas costuras".

Prefeitura garante programas sociais em Paracatu

A Prefeitura Municipal de Paracatu, por meio da Secretaria de Assistência Social, tem cumprido o seu papel com a promoção social de todas as camadas da sociedade, especialmente com a população mais carente. Como prova desse compromisso a secretaria tem implementado vários programas no município.

Um deles é o Programa Banco de Alimentos que atenderá em média 100 famílias, fornecendo alimentos que vão possibilitar segurança alimentar e nutricional. O programa conta com recursos municipais, do comércio local, além de parceiros, como a Kinross e a Nexa, que já contribuiram com a doação de cestas basicas. A família para ser contemplada deverá estar inscrita no Cadastro Único, estar referenciada no CRAS e inserida no PAIF – Programa de Atenção Integral à Família. O Banco vai funcionar na Praça Euzébio, S/N.

Outro belo exemplo executado pela Secretaria de Assistência Social é o Programa Renda Mínima. Pelo projeto, 50 mulheres que não possuem trabalho formal recebem capacitações técnicas e têm acesso a diversas atividades laborais. A intenção é possibilitar que essas mulheres tenham acesso ao mercado de trabalho e consequentemente condições dignas de sustento de suas famílias. O programa atende mulheres do município em situação de vulnerabilidade social e econômica, residentes em bairros e povoados com alto índice de pobreza ou extrema pobreza. Para participar do programa, deverá estar inscrita no Cadastro Único, estar referenciada no CRAS e inserida no PAIF – Programa de Atenção Integral à Família. Contamos com a valioso apoio do vereador Luiz George Linderski, no Programa Banco de Alimentos e Programa Renda Mínima.

Outro programa já implantado no município é o Criança Feliz do Governo Federal. O objetivo do projeto é promover o desenvolvimento humano a partir do apoio e acompanhamento do desenvolvimento infantil integral na primeira infância, por meio de visitas periódicas de profissionais de saúde e da vara da infância. Em Paracatu, o projeto beneficia gestantes, crianças de três a seis anos de idades que são beneficiárias do BPC – Benefício de Prestação Continuada. Uma equipe do projeto efetua visitas semanais, levando atividades para serem desenvolvidas em família com o intuito de fortalecer os vínculos afetivos. Essas famílias são acompanhadas e orientadas pela equipe técnica de referência do CRAS - Centro de Referência da Assistência Social e se necessário são realizados encaminhamentos para toda a rede de proteção.

O programa, lançado em outubro do ano passado, é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). A lista das famílias beneficiárias do Bolsa Família que recebem as visitas é fornecida previamente pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS).

Para a secretária de Assistência Social, Ana Amélia de Melo Medeiros, todos os programas vão ao encontro ao bem estar e desenvolvimento do município no que se refere a políticas públicas para os cidadãos que se encontram em vulnerabilidade social. “A Assistência Social trabalha na perspectiva de promoção das pessoas que dela precisam, garantindo os programas, projetos, serviços e benefícios ofertados pelo Sistema Único da Assistência Social (SUAS)”.

Para o Prefeito Municipal de Paracatu, Olavo Remígio Condé, a Administração por meio da Secretaria de Assistência Social tem se preocupado em cumprir com todo o seu programa de assistência, amparo e promoção social de todas as camadas sociais de nossa cidade, com foco nas camadas mais carentes.

ASCOM/SEGOV
Prefeitura Municipal de Paracatu
Mais trabalho. Novas realizações

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário