Paracatu combate violência contra crianças e adolescentes

#Descriçãopracegover - Imagem de uma flor amarela, logo da Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Paracatu combate violência contra crianças e adolescentes

A Prefeitura de Paracatu, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Ação Social, junto com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), estão promovendo durante esta semana várias ações alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado nesta sexta-feira, 18 de maio.

As atividades começaram nessa segunda-feira (14), nas escolas municipais e estaduais do município, com a realização de debates e oficinas sobre o abuso sexual, a importância da denúncia, além do desenvolvimento de políticas públicas que combatam à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, entre outros.

Os debates estão sendo promovidos pelo CMDCA, pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) que selecionaram as escolas para discutirem os temas. A Escola Municipal José Simões Cunha foi umas das selecionadas e participou nessa segunda-feira (14) de vários debates relacionados a todo tipo de violência praticada contra crianças e adolescentes. As ações nas escolas terminam nesta quarta (16).

A programação continua ainda na quarta-feira, na Escola do Legislativo, às 19h, com a cerimônia de entrega do Diagnóstico Situacional de Crianças e Adolescentes do Município de Paracatu e uma roda de conversa com o Dr. José Rubens Borges Matos, Juiz de Direito da Vara Criminal e da Infância e da Juventude e Dr.Paulo Campos Chaves, Promotor de Justiça da Segunda Promotoria de Justiça da Comarca de Paracatu.

Na quinta-feira, 17 de maio, às 8h, terá uma blitz educativa, na Polícia Rodoviária Federal e Policia Rodoviária Estadual, com a distribuição de informativos sobre o 18 de Maio, Dia Nacional de Luta contra o Abuso e a Exploração sexual. Jáàs17h, a blitz educativa, será no centro da cidade, em frente à papelaria Exata.

Para encerrar as ações da campanha, uma caminhada de enfrentamento à exploração e abuso sexual, saíra da rodoviária sentido Prefeitura, às 8h.

18 de maio

No dia 18 de maio de 1973, um crime ocorrido em Vitória, capital do Espírito Santo, abalou a sociedade brasileira. Araceli Cabrera Crespo, uma menina de oito anos, foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta daquela cidade. O caso, por mais hediondo que tenha sido, ficou sem punição.

O impacto desse crime motivou a escolha do dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data, instituída pela Lei Federal 9970/00, reforça a necessidade de se mobilizar e capacitar os diferentes setores da sociedade, dos governos e da mídia para atuar no enfrentamento a esse tipo de violência. Em todo o País, são realizados atos de mobilização social para conscientizar a população sobre a importância da denúncia e estimular o desenvolvimento de políticas públicas para combater o problema.

ASCOM/SEGOV

Prefeitura Municipal de Paracatu

Mais Trabalho. Novas Realizações

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário