Dia do Basta no Noroeste Mineiro

#descriçãopracegover na foto, imagem das portas da Prefeitura fechadas com cartazes informando do protesto.

Dia do Basta no Noroeste Mineiro

No dia 29 de novembro, em Assembleia realizada pela Associação dos Municípios do Noroeste de Minas – AMNOR, os prefeitos do Noroeste de Minas decidiram fechar as portas das Prefeituras em protesto contra a grave situação em que se encontra a maioria das cidades mineiras devido a divida do Estado com as Prefeituras.

Durante a reunião, os prefeitos de alguns municípios informaram que já foi decretado estado de calamidade financeira, o que tem provocado inúmeros problemas e transtornos à população de modo geral.

Pagamentos comprometidos, obras interrompidas, projetos engavetados, são alguns dos prejuízos relatados pelos prefeitos, que buscam junto à Associação Mineira de Municípios – AMM, uma solução para mudar essa triste realidade.

O montante desse déficit do Estado com os municípios mineiros, até o mês de novembro de 2018, já ultrapassava os 10 bilhões de reais. A dívida do Governo de Minas com a Prefeitura de Paracatu beira à cifra de 30 milhões de reais e deve ultrapassar esse valor até o fim do mês de dezembro de 2018.

Por decisão da maioria dos prefeitos pela manifestação na data do dia 03 de dezembro de 2018, o prefeito de Paracatu, Olavo Condé, em apoio aos demais municípios que enfrentam o caos da calamidade financeira determinou o fechamento das portas da Prefeitura de Paracatu, nessa segunda-feira, mantendo normalmente o expediente interno aos servidores municipais dentro do prédio.

Mesmo diante das dificuldades financeiras e cortes que se fizeram necessários, a Prefeitura de Paracatu tem mantido pagamentos em dia, tanto de fornecedores, quanto do funcionalismo público. Os salários não sofreram atrasos e o 13º dos servidores serão creditados no próximo dia 12.

Para janeiro de 2019, um documento elaborado pelas associações que representam os municípios será encaminhado ao governador eleito, Romeu Zema. No oficio, os prefeitos vão pedir que a situação dos municípios em função da dívida esteja na pauta de prioridades do Estado. 

ASCOM/SEGOV

Prefeitura de Paracatu

Mais Trabalho. Novas Realizações.

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário