Prefeitura Municipal participa de simulado de evacuação de emergência com barragens

#Descriçãopracegover - Foto de toda a equipe durante o simulado

Prefeitura Municipal participa de simulado de evacuação de emergência com barragens

A empresa Nexa Resources realizou no último dia 31 de maio um simulado de evacuação de emergência com barragens em Morro Agudo para preparar a comunidade a uma situação de emergência e diante da importância desta ação preventiva , a Prefeitura Municipal foi parceira do simulado, por meio da Defesa Civil Municipal, Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social e Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Segundo a Nexa, o treinamento foi preventivo e é uma etapa da implantação do Plano de Ações de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM) da unidade da NEXA na cidade, em cumprimento à exigência legal. O objetivo é preparar as populações que moram ou utilizam as áreas abaixo das estruturas para uma situação de emergência. A empresa implantou sirenes de notificação de emergência na Zona de Autossalvamento (ZAS) para alertar a população.

A Defesa Civil do Município participou juntamente com a Nexa desde o início das atividades, em um trabalho que antecedeu o simulado, com visitas realizadas porta a porta para conversar com os moradores, explicar sobre a evacuação, as rotas de fuga e os pontos de encontro.

“Esse simulado acontecerá todos os anos como forma de prevenção e para desmistificar algumas preocupações da comunidade. Com este simulado e as reuniões feitas anteriormente, os moradores puderam tirar dúvidas sobre a barragem, os impactos e até mesmo sobre o funcionamento da Nexa. A nossa realidade em Paracatu é bem diferente de outras cidades, pois o modo de construção de barragens é bem diferente e mais seguro, porém, nem por isso deixamos a prevenção de lado”, disse o coordenador de Defesa Civil, Emerson Garcia.

A moradora da região Rosimeire Cândida Meireles disse que o simulado foi essencial para a comunidade local, pois é importante deixar os moradores “a par do que está acontecendo e de que forma deve agir”.

O Secretário Municipal de Segurança Pública, Coronel Carlos Renato, disse que o simulado de serviu para analisar se as sirenes seriam suficientes para ouvir em todo o trecho definido como de risco, para medir o tempo de evacuação dos moradores, avaliar as rotas de fuga e assim verificar o que pode ser modificado para melhorar ainda nos próximos simulados e caso houver uma situação de emergência.

Segundo o gerente geral da Unidade Morro Agudo da NEXA, Fernando Gurgel, a empresa tem investido tempo, dedicação e os recursos necessários para não ter acidentes como o da simulação, porém, se ocorrer é primordial que não tenha vítimas.

A Escola Municipal Arquimedes Cândido Meireles está fora de risco e é um dos pontos de encontro estabelecidos pela empresa, mas a diretora Maria Aparecida de Freitas Neiva, a Cidinha, disse que essa foi uma excelente oportunidade para preparar os alunos para situações fora do normal, como agir, o que fazer e não fazer nestes casos.

De acordo com números fornecidos pela empresa, a participação total foi de 716 pessoas nos 11 pontos de encontro. Dessas, 69 eram pessoas da comunidade (moradores, trabalhadores da região ou em deslocamento), 447 eram público interno (trabalhadores da NEXA e terceiros), além de 200 alunos da Escola Municipal Arquimedes Cândido Meireles.

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário