ALERTA AMARELO: Paracatu enfrenta problemas causados pelo período chuvoso

Em nove dias, choveu 38% da média anual

ALERTA AMARELO: Paracatu enfrenta problemas causados pelo período chuvoso

A secretaria de obras de Paracatu tem reforçado o trabalho para resolver os problemas causados pela chuva dos últimos dias. De 1º a 9 de março, choveu 38% da média anual, que é de 133mm, conforme dados históricos divulgados no site do Clima Tempo.

De acordo com o secretário de obras e infraestrutura, Pedro Adjuto, foram identificadas ocorrências de casas com alagamentos, aumento de buracos nas vias, desmoronamento de barrancos, causando riscos a algumas residências, manilhas entupidas, entre outras, principalmente nos bairros Paracatuzinho e JK. 

 

 

“Conseguimos fazer três intervenções, em casas que foram alagadas, no bairro Paracatuzinho. Tem situações, que precisamos esperar a estiagem, mas, não estamos medindo esforços. O prefeito Igor Santos pediu total empenho”, disse. 

 

Ainda segundo Adjuto, a cidade cresceu e não teve planejamento. “Herdamos estes problemas crônicos, que se estendem ao longo dos anos. Mas, estamos dispostos a resolver, de maneira pontual, caso a caso, é prioridade do prefeito encontrar uma solução, de forma definitiva”. 

 

Buracos

 

Em Paracatu, existem duas situações hoje:  os buracos que se abriram com a força das enxurradas e os buracos da Copasa. 

 

Sobre os buracos causados pela tempestade, a secretaria de obras tem que esperar a estiagem, para resolver. “Em Paracatu só tem uma usina de asfalto e os funcionários estão afastados, por causa da Covid-19, e além disso, não é possível realizar a operação tapa-buracos, em período chuvoso”, explica o secretário de obras.

 

Ele explica, ainda, que a prefeitura não pode intervir nos buracos causados pela Copasa. “Fizemos a proposta à Companhia de que a prefeitura vai assumir este serviço de tapa-buracos. O contrato já está sendo analisado pelo nosso jurídico e assim que for assinado, iniciaremos o trabalho e daremos esta ótima notícia à população”, disse. 

 

Alerta Amarelo. 

Em nota publicada pelo Instituto Nacional de  Meteorologia, INMET, a previsão é que a partir de hoje (10), Paracatu terá Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h), e queda de granizo. 

 

Há um baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos. 

 

Importante:

 

  • Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas.

  • Não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).

  • Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

  • Defesa Civil de Paracatu: (38) 3679-0433

 

Assessoria de Comunicação
 Um Novo Tempo Para Todos

 

VER TODAS NOTÍCIAS

Deixe um Comentário